terça-feira, 28 de Setembro de 2010

Beringelas com Mozarella e Tomate

Esta foi uma receita retirada do delicioso blog da Lady Bohem http://hiperica.blogspot.com/
Foi um sucesso no jantar do ultimo sábado.


Ingredientes
* Beringelas
* Molho de Tomate
* Filetes de Anchovas
* Alcaparras
* Queijo Mozarella fresco
* Ovo
* Sementes de sésamo
* Sal / Pimenta
* Oregãos
* Mangericão

Confeccionando
Lavar a beringela e cortá-la em fatias de um dedo de espessura, seguidamente color as rodelas num passador com algumas pedras de sal durante 15 minutos.
Passar as rodelas de beringela por ovo e depois pelas sementes de sésamo, colocar num tabuleiro previamente untado generosamente com azeite e levar cerca de meia hora ao forno (180ºC)
Depois de cozido, colocar em cima de cada rodela de beringela  uma fatia de queijo,  um pouco de molho de tomate, um filete fino de anchovas, 3 ou 4 alcaparras, temperar com sal e pimenta, polvilhar com oregãos, um fio de azeite  e levar ao forno novamente a derreter o queijo, servir com folhas de manjericão.

Nota: na receita original as beringelas são panadas com pão ralado, optei por fazê-lo com sementes de sésamo.

Bom Apetite!

Ave do Paraíso


Mais uma ave do meu jardim....

quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Lasanha de Salmão Fumado

Cheira a Outono....
Começam a apetecer pratos mais substanciais, comida conforto, aqui fica uma sugestão.



Ingredientes
* Alho francês 1
* Margarina vegetal 2 c. de sopa
* Salmão fumado em fatias: 200 g
* Limão
* Farinha 2 c. de sopa
* Leite: 5 dl
* Pimenta, sal e noz moscada
* Massa de lasanha fresca: 200 g
* Queijo ralado

Confeccionando
Começar por temperar o salmão fumado com o sumo do limão e a pimenta.
Seguidamente cortar o alho francês depois de bem lavado em meias-luas finas,  levar ao lume com a margarina e deixar cozinhar em lume brando.
Quando o alho francês estiver macio, polvilhar com a farinha, mexer e regar com o leite a ferver e deixar engrossar, mexendo sempre.Temperar com sal, pimenta e noz moscada.
Untar um tabuleiro de servir à mesa que possa ir ao forno e forrar o fundo com placas de lasanha.
Regar com o molho e por cima, espalhar parte do salmão fumado.
Repetir as camadas, terminando com uma camada de molho.
Salpicar com queijo ralado e levar ao forno (200ºC) cerca de 30 minutos.


Bom Apetite!

Seja Bem-Vindo o Outono!

Bate gentilmente à nossa  porta e enfeita o caminho de folhas douradas que bailam ao som do vento...
As bagas  enfeitam a natureza de lindos tons rubros...


Tarde pintada
Por não sei que pintor.
Nunca vi tanta cor
Tão colorida!
Se é de morte ou de vida,
Não é comigo.
Eu, simplesmente, digo
Que há fantasia
Neste dia,
Que o mundo me parece
Vestido por ciganas adivinhas,
E que gosto de o ver, e me apetece
Ter folhas, como as vinhas.

Miguel Torga

sexta-feira, 17 de Setembro de 2010

Tarte de Uvas

Setembro, tempo de uvas, tempo de vindimas.




Ingredientes / Massa

* 200 g de Farinha
* 100 g de Manteiga
* 2 c. de sopa de açúcar
* 1 dl de Água

Ingredientes / Recheio

* 600 g Uvas
* 3 Ovos
* 5 c. sopa de Açúcar
* 3 c. sopa de amêndoas raladas
* 2 dl de Leite
* 2 c. sopa de Vinho do Porto

Confeccionando

Massa - Amassar todos os ingredientes até obter uma massa maleável, deixar descansar meia hora. Forre uma forma com a massa preparada.

Recheio - Tire as grainhas às uvas e enxugue-as muito bem num pano. Coloque-as dentro da tarte.
À parte, misture os restantes ingredientes e deite este preparado sobre as uvas.
Leve a cozer em forno pré-aquecido (180ºC) cerca de uma hora.
O recheio deve ficar com a consistencia de pudim.

Bom Apetite!

Begonia Bonfire

Este,  foi um amor à primeira vista...
Comprei um pequeno vaso com esta planta quase moribunda e agora está assim grande e bonita...
Como as plantas são agradecidas...


Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.

Fernando Pessoa

terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Bacalhau Minhoto

Um prato de bacalhau que fez as delicias de quem o comeu, num almoço de Domingo...


Ingredientes

* Bacalhau (postas do lombo)
* Azeite Virgem 0,7 º acidez
* Cebolas e alhos
* Vinho Verde branco 
* Colorau 
* Pimenta
* Batatas pequenas
* Salsa

Confeccionando

Depois do bacalhau demolhado e devidamente arranjado e lavado, escorre-se, enxuga-se e frita-se em azeite.
À parte faz-se uma cebolada, cozendo em azeite as cebolas cortadas às rodelas finas com o alho picado.
Quando a cebola estiver translúcida, rega-se com o vinho branco e tempera-se com pimenta e o colorau.
Dispõem-se as postas de bacalhau num tabuleiro e cobre-se com a cebolada.
À roda do bacalhau dispõem-se as batatinhas coradas no azeite que serviu para fritar o bacalhau e levamos ao forno a acabar de assar.



Bom Apetite!

Begonia semperflorens


As plantas mais simples, podem fazer maravilhas em qualquer cantinho da nossa casa.


Sempre em flor.

quarta-feira, 8 de Setembro de 2010

Quindim de Côco

Um bolo  húmido e delicioso...




 

Ingredientes

* 250 g de côco ralado
* 400 g de açúcar
* 2 dl de água
* 4 gemas de ovos
* 4 ovos inteiros
* raspa do vidrado de um limão
* margarina e açúcar p/ untar a forma

Confeccionando

Numa caçarola misture o açúcar e a água com uns pingos de sumo de limão, leve ao lume e assim que ferver marque 3 minutos exactos, depois retire do lume.
Misture então o côco  mexendo bem e deixe arrefecer um pouco.
Seguidamente junte a raspa do limão, as gemas, os ovos e mexa tudo muito bem para ligar.
Unte uma forma com margarina e polvilhe com açúcar e deite o preparado anterior na forma.
Leva ao forno (160º C)  a cozer em banho-maria durante 45 a 60 minutos.
Deixe arrefecer dentro do banho-maria e só desenforme depois de frio.

Bom Apetite!

Plumbago Auriculata

Abro a minha porta e vejo as flores azul celeste dos plumbagos...
São pedacinhos do céu trepando pelos muros...




As flores, são as estrelas da terra...

domingo, 5 de Setembro de 2010

Carapaus com Molho de Escabeche

Um prato um pouco esquecido...
Gosta? Eu gosto! 



Ingredientes p/ o Molho de Escabeche

* Cebolas e Alhos 
* Salsa 
* Louro 
* Azeite Virgem 
* Água 
* Colorau Doce 
* Pimenta / Sal
* Vinagre de Vinho

Confeccionando

Cortam-se as cebolas às rodelas e picam-se os alhos, junta-se um ramo de salsa, uma folha de louro  e  cozem-se no azeite, vai-se mexendo e quando começar a fritar junta-se a água na qual se desfizeram o colorau e o vinagre, tempera-se de sal e pimenta.
Tapa-se e deixa-se ferver em lume brando até a cebola estar cozida. Rectifica-se de sal e pimenta.
Deita-se o molho sobre o peixe frito, neste caso carapaus.
Deve servir-se no dia seguinte, conservando-se devidamente acondicionado no frigorifico.
Nota: O vinagre deve ser colocado em quantidade segundo o gosto pessoal, mas este molho quer-se bem avinagrado.


Não se esqueça, escabeche só de peixe...
Bom Apetite!

Um recanto Florido

Um pézinho desta flor, com um pézinho de outra e são vasos e vazinhos...


Dão vida e côr,  à vida...

quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Arroz de Berbigão

Após uma curta pausa tenho imenso gosto em voltar a este convivi@ 

Retomo com uma sugestão bem tradicional, como sempre.
Espero que gostem ...


O arroz de berbigão  é um excelente acompanhamento de peixes fritos,  rissóis ou filetes, sendo na minha opinião uma companhia enriquecedora ...


Cá  em casa o arroz é  alimento rei, quer como acompanhamento ou prato principal, este é sem dúvida um dos mais apreciados.

Ingredientes

* 1 kg de berbigão (muito fresco)
* Azeite
* Alho  e cebola 
* Tomate maduro 
* Arroz 
* Salsa e coentros frescos 
* sal e piri-piri (facultativo)
* Louro 
* Vinho branco

Confeccionando

Põe-se o berbigão de molho algumas horas em água e sal, para que possam largar a areia.
Retiram-se  os berbigões da água e  lavam-se bem em água corrente e colocam-se a abrir dentro de um tacho em que deitou um pouco de água a cobrir o fundo.
Separam-se os berbigões das conchas, e coa-se a água que largaram ao abrir e reserva-se.
Pica-se a cebola os alhos e dois tomates maduros limpos de peles e grainhas, junta-se um pouco de vinho branco e um raminho de salsa e  leva-se ao lume a estufar  sem fritar, depois tritura-se e adiciona-se  a água de abrir os berbigões.
Quando levantar fervura introduz-se o arroz,  rectificam-se os temperos  e um pouco antes de o arroz estar cozido junta-se o miolo do berbigão que foi passado em água corrente num passador a fim de retirar alguma areia que ainda contenha.
Salpica-se com coentros picados e decora-se com alguns berbigões com casca que se reservaram para o efeito.

Bom Apetite!